terça-feira, 7 de abril de 2015

Meu País



Passa 1
Passam 2
Passam 3

Passam tantos que mal sabem quem não fez
E muitos esperando chegar a sua vez

Matam 1
Matam 2
Matam 3

Matam tantos que só faltam aqueles com total insensatez
Mas, há muitos na esperança que não chegue a grande vez

Há bandidos
Há corruptos
Há quadrilhas

Há muito mal só a espreita do grande golpe da vez
E afinal, quem destes vai deixar a fortuna da vez?

Nasceu 1
Nasceram 2
Nasceram 3

Nasceram tantos filhos dessa terra abençoada,
Que entre eles estão os que cresceram dos privilégios da decência,
E que há de chegar quem de novo faça a honra do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário