sábado, 4 de abril de 2015

Destino


Longe dos meus anseios
Mas, dentro do meu querer
Longe do meu alcance
Mas, entre os meus pensamentos.

Longe da minha ilusão
Mas, parte dos meus versos
Longe da minha frequência
Mas, junto da minha imaginação

Longe das minhas mãos
Mas, capaz de me trazer emoção
Longe da minha fantasia
Mas, presente em minha energia.

Longe do meu destino
Mas, ao lado do meu caminhar
Longe dos meus sentidos
Mas, faz meu coração vibrar

Longe da minha inquietude
Mas, exala um aroma no ar
Longe da minha sensatez
Mas, faz meu mundo girar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário